Multas de Trânsito – Infração Gravíssima

Home > Blog > Multas de Trânsito – Infração Gravíssima

As multas de trânsito são aplicadas a todos os motoristas infratores que desrespeitarem alguma das leis presentes na legislação de trânsito brasileira. Existem quatro classificações para as infrações de trânsito que variam de acordo com a gravidade; quanto mais grave, maior é o valor da multa e a perda de pontos na carteira de habilitação.

Se você for multado terá que arcar com uma multa em um valor meio alto, dependendo da sua situação econômica. Por isso o que você deve fazer é estar atento ao trânsito e a todas as leis para não ser multado. A seguir, veja o valor das multas gravíssimas, quantos pontos são perdidos e quais infrações são enquadradas nessa classificação.

Multas de Trânsito - Infração Gravíssima

Multas de Trânsito – Infração Gravíssima

Classificações das Multas de Trânsito

As infrações de trânsito são classificadas em quatro categorias de acordo com suas gravidades. A multa pode ser leve, média, grave ou gravíssima. Cada tipo de multa exige que você efetue o pagamento de um determinado valor e também faz com que você perca pontos na sua Carteira de Habilitação.

As multas gravíssimas te fazem perder 7 pontos na carteira e possuem um valor de R$293,47. Lembrando que esse valor é de 2016 e pode sofrer reajuste para o ano de 2017. Algumas infrações gravíssimas podem possuir um valor maior, como a participação de rachas e a falta de atendimento à vítima no acidente de trânsito.

Algumas infrações gravíssimas

Na categoria de infrações gravíssimas nós encontramos diferentes tipos de infrações. Por exemplo, avançar o sinal vermelho é considerado uma infração gravíssima, por isso tome muito cuidado no trânsito.

Andar no sentido oposto da pista, fazer retorno em local proibido, não reduzir a velocidade perto de escolas, hospitais e locais com grande movimentação, andar na contramão, cruzar com farol vermelho e fazer manobras perigosas também são algumas das infrações que podem te fazer perder 7 pontos na CNH, além de pagar uma multa.

No caso de exceder a velocidade, o valor da multa sobe para R$880,41. Caso o motorista deixe de prestar socorro, a multa a ser paga é no valor de R$1.467,35, além de suspensão.

É possível recorrer a uma multa de trânsito?

Sim, caso você se sinta injustiçado, não tenha feito o que a multa diz que fez e possua provas disso. A lei garante que todo motorista pode entrar com um recurso administrativo para recorrer a multa, mas para que ela seja anulada é preciso ter provas de que você fala a verdade.

Outra questão muito polêmica é sobre atravessar o sinal vermelho de madrugada: muitos motoristas fazem isso justamente por questão de segurança, pois assaltos e mortes já ocorreram à motoristas parados no sinal à noite. Portanto, caso você tenha atravessado o sinal vermelho de madrugada, mas apenas por questão de segurança e não tenha colocado a vida de mais ninguém em risco, poderá recorrer à multa.

Multas de Trânsito - Infração Gravíssima

Multas de Trânsito – Infração Gravíssima

Como recorrer à uma multa de trânsito

O motorista tem até 30 dias após receber a multa para recorrer no mesmo órgão de trânsito responsável pela emissão, ou seja, o DETRAN ou algum outro órgão do mesmo estilo. Em algumas cidades há unidades específicas que te ajudam a recorrer as multas de trânsito.

 

Recomendados para você:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...