Carro rebaixado: o que pode e o que não pode

Home > Detran > Carro rebaixado: o que pode e o que não pode

Diversas pessoas adoram personalizar seu carro e deixa-lo de acordo com o seu estilo, mas para isso é preciso estar atento nas leis de trânsito para não criar problemas. Uma das maiores mudanças em um carro é o seu rebaixamento, personalização aderida por várias pessoas e que deve obedecer algumas regras.

É fundamental cumprir as regras estabelecidas para o rebaixamento de seu veículo, para que assim você possa continuar usando-o sem nenhum problema. Atualmente ter um carro rebaixado já é muito mais acessível, pois o DETRAN liberou a suspensão regulável, que anteriormente não era permitida. Para que você fique ciente das regras, a seguir falaremos sobre o que pode e não pode nos carros rebaixados.

O que pode e não pode nos carros rebaixados

A primeira regra a ser seguida é referente a altura mínima que o veículo deve estar em relação ao solo: 10 centímetros, sendo considerada sempre a parte mais baixa. Caso o seu veículo fique mais próximo do que isso do solo, você poderá sofrer penalidades como a perda de pontos na carteira e pagamento de multa.

Carro rebaixado: o que pode e o que não pode

Carro rebaixado: o que pode e o que não pode. Imagem:divulgação

Outra regra é em relação aos veículos pesados: eles também devem seguir as regras impostas pelo DENATRAN, principalmente os caminhões. Sendo assim, o órgão estipulou que em todos os caminhões o nivelamento da longarina não pode ser maior que 2ºC.

É importante ainda, em caso de todos os veículos, que o conjunto de rodas e pneus não toque em nenhuma parte do mesmo no momento do esterçamento. Há ainda um limite de peso de veículos para o rebaixamento: veículos que pesam mais do que 3.500 quilos não podem ser rebaixados nem levantados.

Acesse e saiba mais informações: Site do Detran

Entenda os motivos das regras de rebaixamento dos carros

As regras para o rebaixamento dos veículos existem para tornar a experiência do motorista e seus passageiros mais segura, já que a ser rebaixado o veículo tende a ficar menos confortável e mais duro.

Carro rebaixado: o que pode e o que não pode

Carro rebaixado: o que pode e o que não pode. Imagem:divulgação

O sistema de suspensão usado no rebaixamento tem como objetivo absorver todas as irregularidades do solo, com o intuito de preservar toda a estrutura do veículo e promover maior estabilidade. O ajuste do carro sempre deve favorecer o conforto de seus passageiros, evitando que os mesmos fiquem em situações desconfortáveis em ruas com muitos buracos.

Acesse e saiba mais informações: Consultar Veículo por Chassi

Cuidado ao fazer alterações em seu veículo

Mudanças na estrutura do seu veículo sempre exigem que você fique atento às regras de trânsito e à lei, para que assim consiga ainda promover segurança a você e seus passageiros, sem deixar o conforto de lado.

É fundamental ainda que as mudanças que você planeja sejam feitas por alguém especializado no assunto, ou seja, somente por profissionais. Os profissionais adequados irão efetuar a mudança da forma correta, para que você continue usufruindo de todos os benefícios do veículo e tenha ele personalizado da forma como deseja. Uma forma de se manter atualizado sobre as regras referentes à mudanças em veículos é ir até o DETRAN e pedir um manual com todas elas.

Recomendados para você:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...