Personalizar a placa do carro: como fazer? Quanto custa?

Home > Blog > Personalizar a placa do carro: como fazer? Quanto custa?

Uma prática cada vez mais comum, muitos motoristas gostariam de escolher a placa do próprio carro, o desejo vai desde colocar datas de aniversário até combinações de números da sorte.  O procedimento para a escolha da placa é o mesmo para todos os estados: você deve abrir um processo administrativo no Detran (Departamento de Trânsito) com o número sugerido, só o valor do serviço é que muda em cada região.

Personalizar a Placa do Carro

Personalizar a Placa do Carro

Como personalizar a placa do carro?

De acordo com o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), a distribuição de faixas de placa ocorre de forma sequencial, onde os Detrans dos Estados solicitam ao Denatran um número determinado de placas. A disponibilidade de escolha da numeração é de responsabilidade de cada Detran, que estabelece o procedimento e a cobrança para a personalização da placa de um veículo, trabalhando somente com a série liberada para o seu estado. Todo serviço de emplacamento é de responsabilidade dos Detrans de cada Estado.

Eles recebem uma faixa de placas a serem distribuídas, conforme a sequência de emplacamentos ocorridos e esperados. Ao emplacar um carro normalmente seu veículo recebe uma sequência aleatória dentro da faixa estabelecida, de acordo com sua “ordem de chegada”.

Quando o proprietário resolve personalizar a placa, é necessário fazer o processo de “sugestão” da numeração. O procedimento é um processo administrativo interno no Detran, onde o proprietário indica qual é o nome sugerido, e qual a quantidade de caracteres que pretende modificar.

A escolha pode ser feita de três maneiras: apenas letras, apenas números ou a placa completa. O caso é analisado e deferido ou indeferido de acordo com a disponibilidade do número solicitado.

Quanto custa personalizar a placa do carro?

O valor para personalizar a placa depende da tabela de preços dos Detrans estaduais, e varia de acordo com a quantidade de caracteres a serem escolhidos pelo proprietário. Quanto mais caracteres forem modificados, maior será a taxa cobrada pela instituição.

No Brasil, as taxas mais altas para o procedimento geralmente estão no Rio de Janeiro, onde o valor pode variar entre cerca de ¼ e mais da metade do valor de um salário mínimo. Em estados como Santa Catarina, Ceará e Minas Gerais, o valor é menor, abaixo dos duzentos reais.

A personalização e a necessidade diária

Embora personalizar a placa do carro pareça fútil para algumas pessoas, há situações em que o número final pode ser uma questão de necessidade. É o caso de quem mora em São Paulo, por exemplo, que estão submetidos ao rodízio diário, determinado pelo número final das placas.

Personalizar a Placa do Carro

Personalizar a Placa do Carro

Neste caso, a personalização pode ser uma questão de estratégia, que depende das necessidades semanais, ou da disponibilidade de outro veículo com numeração distinta.

Atenção: O procedimento de personalização da placa de um veículo só é possível em carros zero quilômetro. No caso de veículos já emplacados não é possível solicitar a troca da placa para escolher letras e números específicos. A placa é o RG do veículo e deve acompanhá-lo até a sua baixa definitiva, conforme prevê a legislação federal de trânsito, válida em todo o país.

Recomendados para você:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...